ABEAR destaca desafios da aviação no primeiro dia do IBAS 2019

 

A gestão do tráfego aéreo, a continuidade da evolução da infraestrutura aeroportuária e a desregulamentação da aviação comercial como política pública foram os principais temas apresentados pelo presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), Eduardo Sanovicz, no primeiro dia do International Brasil Air Show (IBAS) 2019, que acontece até 13 de setembro no Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU Airport). O evento reúne as principais lideranças do setor aeroespacial no Brasil.

“O setor se transformou radicalmente nos últimos 20 anos e a população brasileira se apropriou da aviação, o que nos leva a novos desafios para o futuro”, afirmou Sanovicz, durante a palestra “Desafios da Aviação Comercial Brasileira”, realizada durante a manhã. Na oportunidade, ele ressaltou a importância do IBAS para o setor aéreo no Brasil e destacou que o número de pessoas que utiliza a aviação para transporte no Brasil saltou de cerca de 30 milhões, em 2002, para quase 100 milhões atualmente, como resultado da desregulamentação dos preços das passagens aéreas e do ciclo de crescimento econômico. Nesse mesmo período, destacou que o valor das tarifas caiu pela metade.

Na segunda rodada de apresentações, no período da tarde, o presidente da ABEAR participou do painel “Perspectiva Econômica: Transporte Aéreo e Economia do Turismo”, ao lado do secretário estadual de Turismo de São Paulo, Vinicius Lemmetz, do superintendente de Acompanhamento de Serviços Aéreos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Ricardo Catanant, e do presidente do GRU Airport, Gustavo Figueiredo.

Sanovicz falou sobre a importância das parcerias entre o poder público e o setor privado para aumentar a acessibilidade do transporte aéreo. “O Programa do governo de São Paulo que reduziu o valor do ICMS sobre o combustível de aviação nos abastecimentos para voos domésticos foi uma das soluções mais eficientes e de mais rápido resultado para os negócios, proporcionando mais emprego e mais turismo ao estado”, ressaltou. Desde o anúncio da redução do imposto estadual sobre QAV, mais de 500 novos voos já foram anunciados em São Paulo.

Além de Sanovicz, o IBAS também contou com a presença dos consultores da ABEAR Raul Souza e Rogério Benevides. Também estavam presentes autoridades do setor aéreo, como o secretário nacional de Aviação Civil (SAC), Ronei Glanzmann, o diretor-geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), tenente-brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, o diretor superintendente do Departamento Aeroviário de São Paulo (DAESP), Antonio Claret de Oliveira, e o prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa.

Acesse todas as notícias