COVID-19: Informações importantes sobre o novo coronavírus

Diante da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), foram alteradas, por Medida Provisória e Termo de Ajustamento de Conduta, as regras para cancelamento e remarcação de passagens aéreas.

O passageiro poderá optar por:

Remarcar a viagem comprada até 20/3/2020 para voos entre 1/3 e 30/6/2020, uma única vez sem custos adicionais, respeitada a mesma origem, destino e sazonalidade, dentro do intervalo de validade da passagem. Caso deseje mudar o destino ou, se comprou para baixa temporada (março a junho e agosto a novembro, exceto feriados) e queira viajar na alta temporada (julho, dezembro, janeiro e feriados, incluindo véspera e dia seguinte), pode haver custos adicionais (diferença tarifária).

Cancelar e manter o valor em crédito para utilização futura. O valor fica disponível integralmente por 12 meses, a contar da data do voo original.

Cancelar e solicitar reembolso. A companhia tem até 12 meses a partir da solicitação para devolver valores, de acordo com as regras de contratação, que podem incluir taxas.

As companhias aéreas também adotaram outras flexibilidades. Para mais informações, consulte:

 

IMPORTANTE: A cada dia, autoridades de saúde e migração de diferentes países estão adotando medidas que podem afetar a sua viagem. Por esse motivo – se você tiver uma viagem internacional agendada – recomendamos que consulte periodicamente as informações oficiais e verifique os procedimentos e medidas com sua companhia aérea.

 

ORIENTAÇÕES PARA VOCÊ VOAR EM TEMPOS DE COVID-19:

As companhias aéreas estão seguindo rigorosamente as orientações das autoridades sanitárias para manter o coronavírus longe do seu voo. Confira as respostas para as suas dúvidas sobre as viagens de avião durante (e após) a pandemia – https://www.abear.com.br/direitos-do-passageiro

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

 

SITES RECOMENDADOS:

Consulte o estado de avanço do COVID-19 apenas em sites oficiais governamentais ou de autoridades sanitárias do seu país.

Acesse todas as notícias